EEG-1250

Desenhado para ocupar pouco espaço, o EEG 1250 permite a monitorização contínua do EEG nos pacientes críticos em UTI e UTI neonatal. Facilidade de uso.

O software de tendência do EEG (aEEG), disponível opcionalmente, permite com que mesmo os médicos não neurologistas, reconheçam com segurança a atividade cerebral anormal, como por exemplo, as convulsões, que não são detectadas pelos sinais vitais, como frequência cardíaca, SpO2 e CO2.

A monitorização do EEG na UTI e UTI neonatal, permite com que tratamentos sejam iniciados de forma precoce, aumentando as chances de sucesso.

Sinais vitais e o EEG em uma única tela

  • A caixa de junção, JE-921A possui conectores para SpO2 e CO2 e permite a entrada de sinais analógicos do monitor de paciente. Esta tecnologia permite que você monitore o EEG e os sinais vitais na mesma tela.  

Facilidade de uso

  • A grande tela de 17 polegadas, sensível ao toque, permite uma operação intuitiva. A altura do carrinho pode ser ajustada para garantir o melhor ângulo de visão. O desenho permite que o equipamento seja usado mesmo nos limitados espaços disponíveis na UTI e UTI neonatal.

Monitorização remota com o Neuroworkbench®

  • O Neuroworkbench®, software de gerenciamento de dados, permite  a monitorização remota. É uma função de grande utilidade, uma vez que os médicos intensivistas nem sempre podem analisar o registro do EEG e o neurologista nem sempre está presente na unidade.
  •  A monitorização remota permite que o médico neurologista analise o registro do EEG, mesmo estando em outra parte do hospital.